segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Locus horrendus

Tudo escuro. Acordo assustada, mas tudo continua escuro. Mesmo assim eu me levanto, estico os braços e procuro por algo sólido onde possa me apoiar. Demoro, mas encontro uma parede. Institivamente vou passando minhas mãos por ela enquanto ando. Uma quina, duas, tres, quatro, cinco... Não sei mais por onde comecei. Talvez seja um quarto, uma caixa ou apenas um lugar com muitas quinas. Tudo continua escuro e vazio. Cansada de procurar pelo inexistente, agaixo-me em um canto. Meio agachada, meio sentada, começo a arrancar meus cabelos e quando percebo que terminei, sinto que vou definhando, definhando, até que minha pele pareça uma pele de múmia e comece a se decompor, tornando a mostra meus ossos ocos, e porosos. De repente a luz acende. Eu, praticamente morta, vejo que estava em um quarto vazio. Vejo tambem uma porta uns dois metros a frente, mas não me restam forças para ir até lá. Tento me levantar, mas nesse momento, meus ossos quebram-se, voando pedaços meus para todos os lados. Então tudo fica escuro novamente.


Nem preciso dizer que acordei da pior maneira possível, né? Estava repleta de suor, ofegante e com uma dor de cabeça tenebrosa. Confesso. Nunca tinha tido um pesadelo assim... Talvez seja uma metafora da minha vida, ou sei lá. Existem coisas inexplicaveis e eu quero que essa seja uma dessas coisas.



Olá pessoinhas! Como vão voces?

Estou indo... 63 kg. E pensar que no início do ano estava nos 60kg. Ou seja, quase a tão sonhada casa dos 50 kg. Mas essa sou eu. Estrago tudo.

Quarta feira passada eu assistia a um video sobre filosofia no sofá e pensei: gorda, levante esse traseiro e faça exercícios enquanto assiste! No dia seguinte estava toda dolorida. Fiz abdominais, exercicios para as coxas e uma corrida sem sair do lugar. Tenho feito todos os dias. A dor pelo menos já passou... Queria fazer natação. É boa para queimar calorias (600 kcal/h) e fortalecer os musculos. Alem disso... meu, nesse calor... tudo o que mais quero é água.

Bom, hoje meu dia começou péssimo e vai terminar péssimo, como sempre. Mas hoje de manhã foi o cúmulo...

6h15: Chego no METRO, passo a catraca e vou para a plataforma. Espero 1, 2, 3 trens passarem, mas de tão cheios não dava para entrar. Sabem aquelas latinhas de atum sólido? Então, mais ou menos assim...

6h25: Decido que vou entrar de qualquer jeito. Afinal, 10 min esperando a merda de um lugarzinho na lata de atum não estava ajudando em bosta alguma, só estava piorando. Então no próximo trem eu entraria de qualquer forma.

6h28: Chega o fatídico e tão esperado trem. O pior de todos. Mesmo assim, penso: "É agora, vou forçar um pouquinho esse povo e vou entrar!"  MAS, como meu azar não tem limites. TODOS, eu disse TODOS da plataforma resolveram entrar naquele trem! Para quem tem a infelicidade de morar em São Paulo e precisa pegar o metro (linhas azul e vermelha, principalmente), sabe que nessas horas você é empurrado para dentro do trem com tamanha força que parece que seus órgãos vão explodir e seu sapato ficará perdido (com seu pé dentro dele) em algum lugar. Não sei como, mas fui parar no meio do trem, sabem, entre duas portas. Sorte que estava entre mulheres, porque não estava com paciencia para ficar me desviando dos abusados que ficam se esfregando na gente. Enfim... o trem fecha suas portas. Penso: "Agora vai!"

6h30: Po**a! O trem continua parado na mesma estação e com as portas fechadas. Dois minutos podem parecer pouco, mas são uma eternidade nesses momentos.

6h31: O trem começa a prosseguir viagem. 

6h32: O trem freia bruscamente (ai ui gemidos são ouvidos) e fica parado (esperando a movimentação do trem a frente...?) por...

6h37: CINCO MINUTOS! Cinco minutos esperando! Afff o cheiro do povo que não toma banho antes de sair de casa (ou ha um bom tempo) começa a entrar em minhas narinas! PIEDADE JESUS!!!!

6h38: o trem dá uma arrancada brusca e continua com a viagem.

6h40: (peraí, ha 12 minutos eu estava pegando esse trem na estação anterior) Chega na próxima estação. AHUAHUAHUA AS PORTAS DO INFERNO FORAM ABERTAS! Mais um bocado de gente entrou e ninguem saiu. Logo, senti meu estomago sendo comprimido contra a mulher da minha frente e a minha bolsa sendo comprimida contra minha barriga. Eu tenho um pingente maldito de estrela pontiagudo demais para meu gosto pendurado no ziper da minha bolsa. Resultado: aquele pingente foi preensado nas minhas costelas (nessas horas elas aparecem), rasgou minha camiseta e foi me cortando, cortando, cortando...

Conclusão: cheguei no cursinho exausta, tremendo, suada, com a camiseta rasgada e com um corte de uns 8 centimetros na minha costela. Vida boa gente? Como reclamar?

Sabem aquela lei da física: dois corpos não ocupam o mesmo espaço?

Sim... eles ocupam.

10 comentários:

  1. Sei que eu não devia rir, mas não aguentei hehehe...
    Meu eu moro em SP eu sei como terrível essa porcaria de trem e metro. A uns 3 anos atrás eu trabalhei na Vila Madalena, todo santo dia acordava cedo para enfrentar o trem e depois enfrentar, o pior ônibus de toda a minha vida. O Itaim BIBI, deus que nos livre. Porque aquilo é o inferno na terra, eu ficava no ponto 10 minutos e já tinha passado 5 ônibus lotados até o útero. O engraçado é que os ônibus do centro são maiores, alguns são aqueles sanfonados né ( não sei como é o nome daquilo ). Mas mesmo assim eles são imensos, e ficam abarrotados de gente.
    Eu tinha que estar as 9:00 em ponto. Com trânsito, chuva, pombo morto e toda aquela loucura. Por muitas vezes chegava em casa, tomava banho e cai no sono de toalha mesmo. Porque nem se trocar eu aguentava. Ruim demais aquilo Deus me Livre.

    Essa rotina é só para os fortes mesmo.... Porque os fracos de fé, não aguentam de jeito maneira.
    Teu pesadelo foi intenso, porém poético. <3

    Abraços leves hehehe, porque você já sofreu muito aperto nesse dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha então sou feita de aço.
      Não aguento mais São Paulo. Queria morar em uma cidade do interior e de preferencia com um lago próximo para eu poder ficar horas respirando o ar.
      Ou morar na praia... maresia é uma delícia rsrs
      Um beijo, Lua!

      Excluir
  2. Seu pesadelo foi muito bonito, sei que é estranho esse comentário, mais foi tão misterioso e assustador ao mesmo tempo... Eu gosto de escrita obscura, e a forma como você descreveu o pesadelo foi igualmente incrível.
    Tenha mais desses por favor! (ahahahaha).

    Transporte público é uma desgraça!!!!!! Eu diria que não apenas dois, mais vários corpos ocupam o mesmo lugar. Lamentável.

    Luuh, fica bem querida, beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha irei compartilhá-los mais vezes então! (por mais que eu os odeie e nunca os entenda)
      Queria tanto poder usar bicicleta pra tudo nessa vida. Ai... odeio horarios de pico.
      Beijão

      Excluir
  3. Passei anos nessa vida de metrô. E raramente tinha a sorte de pegar um com ar condicionado(pelo amor de deus, coloquem ar condicionado em todos os metrôs urgente, R$3,50 nao é barato).
    Os trens(osasco, sto andre etc) são bem melhores que o metrô, foram modernizados, com mais espaço em pé e geladinhos.
    Mas demorava quase 2h o trajeto pra lugares longes :/
    De carro a vida nao melhora, fica bem mais caro, e os congestionamentos escrotos irritam, além de demorar igualmente.
    Acho que o negócio é moto ou sair de SP. hahaha
    Ou bicicleta, se fosse mais seguro e tivesse ciclofaixa de verdade(e não pintura tosca no chao).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim! Ciclofaixas seguras nesse país seriam tão confortáveis! Odeio odeio São Paulo. Infraestrutura horrível, poluição alarmante e pessoas mal educadas. Sem falar nos aproveitadores que adoram ficar encostando nas mulheres durante o horario de pico.
      Sair de São Paulo é melhor opção. Um dia quem sabe?

      Excluir
  4. Desculpa mas eu to rindo muito aqui hahahaha!
    Serio, que saudades do seus post's..tbm sumiu ne?!
    Espero que volte logo...bem pois vc é minha thinspo :3
    Força!
    Ps: Metro é uma merda msm, mas eu não conheço o de SP parece pior do que os daqui de Minas hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volteeei! Ownnt... thinspo. Estou muuito longe, mas fico feliz. *-*
      Minas!? Você é de Minas!?
      Amo esse lugar!!
      Nunca usei o metro daí, mas posso afirmar que sim, aqui deve ser muito pior. Sé, às 18h30, com metrôs andando em velocidade reduzida e umas 2 pessoas se jogando na linha para se matar... a quantidade de pessoa por metro quadrado chega a ser umas 10, sem brincadeira.
      Beijos

      Excluir
  5. SHUHSUA' q loukura hein, espero q volte logo thisnpo <3

    ResponderExcluir